Mexa-se, não perca tempo.

EXERCÍCIO x SEDENTARISMO

O exercício aumenta a aptidão física e previne diversas doenças. Melhora as condições cardiovasculares, respiratórias, a circulação do sangue, o desempenho sexual, o aparelho locomotor, as funções do cérebro e previne contra o envelhecimento precoce.

Força, agilidade, coordenação motora, flexibilidade, postura e resistência física adquiridas com a prática dos exercícios são fatores importantes para o desenvolvimento produtivo do ser humano e que o capacitam a realizar eficientemente todas as tarefas impostas diariamente, por toda a sua vida.

Há um intima relação entre doença e estilo de vida, onde a atividade física constitui fator fundamental. Sem dúvida a atividade física interfere de forma decisiva , ao se contrapor a todos os fatores de risco das doenças cardiovasculares. As pessoas que se exercitam regularmente conseguem minimizar ou até mesmo, neutralizar fatores de risco como a hipertensão arterial, o diabetes,  o aumento do colesterol, e de outras gorduras no sangue, a obesidade, o estresse, até mesmo os fatores genéticos e o fumo.

Trabalhando a flexibilidade
Alongamento

O sedentarismo é a conseqüência quase inevitável da evolução
tecnológica e da mecanização do final do século 20 e está diretamente relacionado ao aumento da mortalidade e da morbilidade nos países mais industrializados e sócio economicamente mais evoluído. Mas deve-se ter sempre em mente que  corpo humano que foi projetado e criado para a ação e não pra a inatividade.

Segundo o dito popular, há pessoas que gostariam que  o mundo terminasse em barranco só pra morrer encostadas. Parece exagero, soa até mesmo engraçado, mas aponta um perigo real e imediato.

Sedentarismo é o estado de quem pouco de mexe, vive sentado, evita o movimento. Caracteriza-se como sedentário quem não realiza atividade física extra diariamente, o que em um adulto corresponde a um gasto energético abaixo de 2.500 Kcal (quilocalorias) por semana. No contexto da vida moderna, sedentarismo é o hábito de substituir movimentos básicos como caminhar, correr, saltar e carregar pelo movimento dos dedos diante de um teclado, do controle remoto, do computador ou do telefone. É o nome que se dá ao costume de responder “outro dia eu vou” ou “não tenho tempo” toda vez que alguém o convida a transpirar. Será que o sedentarismo é parte irrecusável do pacote da vida moderna?

2 thoughts on “EXERCÍCIO x SEDENTARISMO”

  1. Eu me encontro nessa situação, de sedentário.Tenho que mudar minha rotina.

  2. É uma boa idéia João, mudar a rotina buscando hábitos saudáveis de se viver é muito bom, abraços.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *