Dieta saudável.

Os efeitos da dieta marinha

Inúmeros são os benefícios dos frutos do mar para a saúde, já que conferem propriedades nutricionais indispensáveis ao bom funcionamento das principais funções do organismo. Ótimas fontes de proteínas, minerais e vitaminas do complexo B, além de serem ricos em ômega 3, os frutos do mar estão cada vez mais ocupando um espaço especial na mesa dos brasileiros.

O consumo de peixes é recomendado pelo baixo teor de gordura, principalmente quando comparados com a carne vermelha, exercendo benefícios ao coração, ossos e nas funções cerebrais.

É necessário balancear o consumo de proteínas entre peixes, carnes vermelhas de cortes magros e frangos, já que o pescado é deficiente em ferro, por conta disto, não pode ser mantido como única fonte proteica.

Alguns tipos de pescado são de grande importância pela alta qualidade nutricional e ganham destaque quando o assunto é consumo. Vejamos alguns exemplos:

CAMARÃO

Muito apreciado pelos amantes de frutos do mar, o camarão possui excelentes propriedades nutricionais, pois ajuda na redução do colesterol e no processo de emagrecimento. Esta vantagem é possível devido à presença de uma substância chamada quitosana – uma espécie de fibra que está presente na casca do camarão. A substância também auxilia no bom funcionamento do intestino e no controle dos níveis de colesterol no sangue, já que evita a reabsorção pelo intestino.

O camarão também é conhecido como “proteína completa”, ele possui todos os aminoácidos essenciais ao bom funcionamento do organismo. Além destes, o camarão também possui vitaminas (B1,B2 e B12), ferro, zinco, iodo e cálcio que o tronam um alimento completo.

Também está presente no camarão o famoso ômega-3, recomendado para a prevenção de doenças do coração, câncer e hipertensão.

Muito saudável

POLVO

Este tipo de pescado é de grande importância na saúde humana, uma vez que possui baixo teor calórico, ou seja, é possível obter proteínas na dieta sem acrescentar muita gordura. O polvo também é uma ótima fonte de ferro, a deficiência deste nutriente leva a anemia, fadiga e fraqueza.

Também é obtido do polvo nutrientes como cálcio, potássio, selênio e fósforo, incluindo vitaminas como a Vitamina C, Vitamina A e Vitaminas do complexo B, além de alguns ácidos graxos ômega-3. É nele que também é encontrado a taurina, um ácido orgânico que age como antioxidante, protegendo contra alguns dos efeitos estressantes.

Fonte de alimento alternativa.LULA

A lula é um importante item alimentar, uma vez que possui como nutrientes essenciais como o cálcio, Vitamina B12, zinco e Vitamina C. Além de suprir as necessidades recomendadas para o organismo, o consumo deste pescado é uma excelente fonte proteica, que auxilia na construção de músculos, enzimas e na produção de hormônios.

MARISCO

É um tipo de pescado considerado de alto valor proteico, relativamente com pouca presença de gordura, o que torna o produto menos calórico. Tem na sua composição nutricional compostos como zinco, potássio, Vitaminas B1, B2 e B6, além de ferro, importante contra a anemia.

Este tipo de pescado auxilia no combate a doenças cardíacas e artrite. O alto teor de Vitamina D também é essencial na prevenção de inflamações indesejáveis, reduzindo sintomas, como redução da rigidez matinal e a fadiga.

A carne de rã está a cada dia ganhando novos adeptos ao consumo. Sua ingestão é recomendada para todas as idades, podendo também ser consumida por pessoas com problemas digestivos.

Entre suas propriedades estão vitaminas e sais minerais, baixo teor de gordura, além de ser uma rica fonte de proteína, que confere uma alta digestibilidade. Pessoas cardíacas, diabéticas e que possuem colesterol alto estão investindo nesta exótica e saborosa carne.

SIRI E CARANGUEJO

Muito apreciados e consumidos nas cidades litorâneas, o siri e o caranguejo representam um importante nutriente para cardápios de dietas saudáveis.

Este tipo de carne é pouco calórica, excelente fonte de cálcio, sais minerais, zinco, e Vitaminas A, B e C, o consumo de siri e caranguejo vem tendo uma procura acentuada.

A carne branca é rica em proteínas, o que acaba lhe conferindo a propriedade da produção de enzimas, anticorpos, hormônios, além de auxiliar na construção de novos tecidos.

Pelo fato da carne ser pouco calórica, grande parte das gorduras presentes é insaturada, o que é considerada uma excelente fonte para o bom funcionamento do coração. Assim como em alguns peixes, a carne de siri também é rica em ômega 3, o que é uma ótima opção para o metabolismo e muitas outras coisas.

Muito saboroso e nutritivo.

Fontes:

http://zh.clicrbs.com.br/rs/vida-e-estilo/vida/bem-estar/noticia/2015/01/conheca-os-beneficios-e-desvantagens-do-consumo-de-frutos-do-mar-4690910.html;

http://blog-ryu.com.br/o-consumo-de-frutos-do-mar-traz-beneficios-para-sua-saude/;

http://gnt.globo.com/bem-estar/materias/os-beneficios-do-consumo-de-peixes-e-frutos-do-mar.htm;

http://www.bacalhaudanoruega.com.br/Escola-do-Bacalhau/Sa%C3%BAde/Boa-sa%C3%BAde-e-frutos-do-Mar;

http://tenhodor.com.br/beneficios-do-siri-e-do-caranguejo/.

2 opiniões sobre “Os efeitos da dieta marinha”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *