Pais, cuidado com obesidade infantil

 A obesidade infantil é caracterizada como uma condição fisiológica que afeta a criança quando ela está muito acima do peso normal, estipulado conforme sua altura e faixa etária. Segundo o IBGE, hoje uma a cada três crianças no país pesam mais do que deveriam.

A obesidade infantil não é uma doença por si só, porém, causa uma série de complicações para a criança, tais como hipertensão, diabetes, colesterol alto e até mesmo condições emocionais alteradas, tais como a depressão, ansiedade, estresse e baixa auto estima.

obesidade

A obesidade infantil é causada principalmente por sedentarismo aliado a uma rotina errônea de alimentação, mesmo que só um destes fatores já seja o suficiente para culminar a condição. Fatores genéticos, doenças hormonais ou má digestão também podem acarretar a obesidade não só durante a infância como também em outras fases da vida.

No Brasil a obesidade infantil tem se tornado preocupante, motivo pelo qual algumas instituições têm criado campanhas para mostrar os seus males e, principalmente, para ajudar os pais na busca por uma alimentação mais saudável e por uma rotina longe do sedentarismo.

obesidade infantil

E para as crianças que logo cedo descobrirem a condição, a forma de reverter essa realidade pode ser muito mais simples, rápida e eficaz graças.

Hoje em dia, cerca de 2,8 milhões de brasileiros são obesos. E a forma mais eficaz de reverter esse quadro é cortando-o pela raiz, ou seja, durante a infância. Por isso, pais, fiquem atentos. Levem seus filhos ao médico com frequência, cuidem de sua alimentação e não deixem que o sedentarismo se torne uma tarefa do cotidiano do seu filho.

4 opiniões sobre “Pais, cuidado com obesidade infantil”

  1. Amei o artigo, ganhou mais um leitor desde portal de grande conteudo, espero que continue a eleborar sempre sempre coisa de qualidade como vc vem fazendo, obrigado.

  2. Meus parabéns pelas excelentes dicas, realmente seu site é digno de um belo compartilhamento, já vou indicar para minhas amigas. Obrigado por compartilhar dicas tão boas. bjos.

  3. Obrigado Claudia pela visita e palavras. Fico muito feliz que tenha gostado.Volte sempre. Abraços e sucessos.

  4. Obrigado Hyperbody pela visita e palavras. Fico muito feliz que tenha gostado do artigo.Volte sempre. Abraços e sucessos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *